Receba todas as novidades!
Deixe seus dados e receba nossos conteúdos direto no seu e-mail:
Seu e-mail está seguro conosco :)
Escolha por onde quer falar:
Como lidar com a energia da raiva?
Publicado em: 20/10/2019
Você já notou como a raiva é uma das emoções mais frequentes no nosso dia a dia? E você já se perguntou o motivo?

Como qualquer outra emoção, a raiva provoca efeitos perceptíveis tanto no corpo quanto na mente.

O corpo, sempre sábio, manda os sinais: alteração da respiração, pontadas no estômago, contração dos lábios ou dos músculos… enquanto isso, no seu cérebro, uma viagem pelo sistema límbico acontece, com a ativação da amígdala, do hipotálamo e hormônios como adrenalina e cortisol, responsáveis por causar um certo estresse…
A pergunta é: precisa ser sempre assim?
Na nossa sociedade, desde cedo somos incentivados a reprimir a raiva... quando não sabemos lidar com a raiva e tentamos escondê-la, ela acaba surgindo nas situações mais inesperadas e se tornando destrutiva, como: quando se tenta comunicar uma necessidade e acaba sendo agressivo; quando está no trânsito e desconta no carro ou no motorista ao lado, dentre outras situações. E o que colhemos plantando raiva?...isso mesmo, raiva!

Muitas vezes não acaba bem com outras pessoas ou com nós mesmos. Surge a necessidade de entender o que gera esta emoção que está em um nível destrutivo: quais os medos relacionados, sobre a falta de amor, sensação de fraqueza, rejeição…
Eu respeito os meus limites? Eu consigo ver o lado positivo das coisas e pessoas? Como posso mudar o que me insatisfaz, sem ter raiva?
Como você pode se sentir seguro, expor suas necessidades, ser respeitado no seu espaço, se sentir satisfeito, SEM sentir raiva? Eis o caminho a desenvolver nos nossos sistemas psicoemocionais...

A primeira coisa é parar e observar. Quando fazemos isso, nos colocamos na presença, e nesse estado, conseguimos enxergar com mais clareza.

Você pode começar a refletir sobre: o outro é responsável pelos meus sentimentos? Eu sei quais são as minhas necessidades...sei expressar elas sem atacar e agredir o outro? Eu espero que outro entenda o que preciso sem que eu expresse...isso é cabível? Eu respeito os meus limites? Eu consigo ver o lado positivo das coisas e pessoas? Como posso mudar o que me insatisfaz, sem ter raiva?

A raiva quando bem direcionada, gera poder, força, mudança...saiba tirar o melhor da raiva..
e ela, assim como qualquer emoção, pode nos fazer crescer e descobrir novos aspectos de nós mesmos :)

Curtiu nosso conteúdo?

Compartilhe nas suas redes sociais!
E-book Gratuito!

Deixe seus dados e receba o e-book direto no seu e-mail:
Seu e-mail estará seguro conosco :)

Artigos relacionados

Quer receber as novidades?

Cadastre seu e-mail:

Conheça nossos cursos

Calma lá, não vá ainda!
Tenho uma surpresa para você! Deixe seu contato que vou te enviar um brinde por e-mail!
Seu e-mail está seguro conosco :)